Notícias

A padronização das feiras livres de Aracaju é tema de discurso do vereador Lucas Aribé

Data de Publicação: 06 de Dezembro de 2018

#PraTodoMundoVer: O vereador Lucas Aribé está utilizando a tribuna da Câmara para se pronunciar

#PraTodoMundoVer: O vereador Lucas Aribé está utilizando a tribuna da Câmara para se pronunciar

Durante seu discurso na Câmara de Vereadores, na manhã dessa quinta-feira, 6, o vereador Lucas Aribé (PSB) fez uma análise sobre as feiras livres realizadas na capital e destacou que o município de Aracaju precisa estabelecer uma normatização no sentido de padronizá-las.

“O poder público deve priorizar as condições de higiene, limpeza e acessibilidade dos locais destinados à realização das feiras. Muitas pendências precisam ser resolvidas. Não estou levando em consideração a questão de terceirizá-las. A feira livre tem que ser realizada em um local acessível para que beneficie a todos”, enfatizou.

O parlamentar afirma que os feirantes pagam um aluguel aos donos das barracas das feiras e que nenhuma parte desse valor é repassada para o Executivo. “Os feirantes pagam de R$ 15 a 25 e, segundo informações que apurei, nenhuma parte desse dinheiro vai para a prefeitura. Mas ela não deve se esquivar da responsabilidade de padronizar e fiscalizar as feiras livres de Aracaju”, destacou.

Segundo Lucas, são vários os problemas encontrados em Aracaju e não é de agora que o parlamentar discorre sobre esse assunto. “Na legislatura passada falei muito e reclamei bastante quando os ambulantes estavam ocupando espaços públicos indevidamente e hoje a gente observa que a situação é a mesma. Continuo mantendo minha coerência e cobrando do Executivo, porque sou o representante do povo”, comentou.

Foto: Gilton Rosas