display aracaju acessível

NOTA OFICIAL

Caros amigos,

Em decorrência da pandemia do Coronavírus, a programação oficial da 8ª Semana Aracaju Acessível, agendada para o mês de março, precisou ser cancelada. Ao longo dos últimos três meses, a nossa equipe de Gabinete, em conjunto com os diversos parceiros públicos, privados e do terceiro setor, trabalharam incansavelmente na construção da série de eventos que abordaria o tema “As tecnologias assistivas a serviço da inclusão social”.

Embora estivéssemos acompanhando atentamente os desdobramentos da crise de saúde mundial provocada pelo Covid-19, acreditávamos que ela seria superada em tempo hábil, de modo que não prejudicasse as atividades da Semana Aracaju Acessível que, em 2020, também faria homenagem aos 165 anos da capital sergipana e ao Dia Internacional da Síndrome de Down (21 de março).

Como o respeito às autoridades constituídas em todas as esferas de Poder e a preocupação com o bem-estar social são princípios basilares da minha vida, mais notadamente nestes quase oito anos de exercício parlamentar, ponderei com prudência atender às recomendações do Ministério da Saúde para evitar a realização de eventos com grande aglomeração de pessoas.

Neste ano, a Semana Aracaju Acessível visava estimular um amplo debate sobre os recursos voltados à melhora das condições de vida das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Especialistas no assunto, nomes de relevância nacional, instituições de ensino e outros atores engajados na construção de uma cidade sem barreiras se somaram à programação, que incluía ainda oficinas, vivências e um mini-curso. Cada evento, mais uma vez, evidenciou o protagonismo das pessoas com deficiência e os direitos assegurados pela Lei Brasileira de Inclusão.

Apesar de toda a dedicação e do nosso firme propósito em promover os eventos com a excelência e o zelo que se tornaram marca registrada do Projeto Aracaju Acessível, considerei importante assegurar que as precauções com a saúde e segurança pública fossem prioridade no contexto atual. Dessa forma, tenho a convicção de que a suspensão da Semana é a decisão apropriada.

Considerando o histórico de ações desenvolvidas ao longo dos últimos oito anos, perpassando a programação oficial da Semana dedicada à acessibilidade, ao empoderamento das pessoas com deficiência e à transformação social, cabe ressaltar que o Projeto Aracaju Acessível continuará a fomentar reflexões, debates e outras mobilizações que estimulam uma cultura de respeito à diversidade humana, incentivam a construção de caminhos para uma cidade sem barreiras e, acima de tudo, valorizam as potencialidades de cada cidadão.

Certo de que continuarei a contar com o apoio dos aracajuanos e de cada parceiro, agradeço a compreensão de todos e permaneço na incessante luta pela efetivação da cidadania, honrando o mandato a mim confiado pela população aracajuana.

Lucas Aribé,
vereador de Aracaju e idealizador do Aracaju Acessível

Semana Aracaju Acessível - Anos anteriores

É hora de relembrar as edições anteriores da Semana Aracaju Acessível. Na primeira edição, em 2013, o tema central foi "O direito de ir e vir". No ano seguinte, foram discutidas as “Práticas cidadãs de acessibilidade”. Em 2015, o tema abordado foi "O trabalho como instrumento de transformação social". Já em 2016 a discussão foi sobre “As inovações da Lei Brasileira da Inclusão". No ano de 2017, o tema abordado foi "A vez do pedestre". Na sexta edição, em 2018, foi discutido como “Comunicar para incluir”. A sétima edição, promovida em 2019, teve como tema “A Arte de Incluir”, abordando o direito ao esporte, lazer, cultura e turismo.

Parceiros

parceiros