Lucas Aribé - Calçadas de Aracaju são avaliadas: boas para caminhar ou não?

Notícias

Calçadas de Aracaju são avaliadas: boas para caminhar ou não?

Data de Publicação: 23 de Maio de 2019

#PraTodoMundoVer Lucas Aribé está na tribuna da Câmara

#PraTodoMundoVer Lucas Aribé está na tribuna da Câmara

 Aracaju terá ainda este ano um diagnóstico completo das condições de caminhabilidade de suas calçadas. Esse estudo é fruto de um trabalho realizado pelo gabinete do vereador Lucas Aribé em parceria com alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Tiradentes (UNIT). A ação integra o projeto Calçadas do Brasil 2019, encabeçado pelo portal Mobilize junto com organizações que lutam para melhorar a mobilidade a pé nas cidades brasileiras.

Durante a atividade, a equipe do gabinete do vereador Lucas Aribé e um grupo com 10 futuros arquitetos e uma arquiteta percorreram equipamentos públicos da capital sergipana para verificar in loco os fatores que poderiam estimular ou inibir a prática da caminhada como forma de transporte urbano. 

“Foram mais de 20 horas de trabalho dedicadas ao levantamento que incluiu locais como órgãos públicos, sedes dos Governos e terminais do transporte coletivo, por exemplo. Além dos aspectos estruturais, foram analisados os acessos, a segurança e questões ligadas ao meio ambiente”, detalhou o vereador Lucas Aribé em seu discurso na tribuna da Câmara de Vereadores nesta quinta-feira (23).

Com base em parâmetros pre?-estabelecidos, os avaliadores preencheram um formulário durante o observatório com atribuição de notas, registro fotográfico e comentários. Os relatórios gerados em Aracaju serão analisados por especialistas e a intenção é que eles contribuam para políticas públicas e também para conscientizar a sociedade sobre a quantidade de áreas na cidade que devem ser reconhecidas e melhoradas.

Em seu discurso, Lucas ressaltou a importância do estímulo contínuo a esse hábito saudável e sustentável da caminhada. “No começo do ano estive com o prefeito Edvaldo Nogueira e apresentei diversas sugestões para recuperação das calçadas em nossa cidade. Esse estudo será mais um recurso que nosso mandato vai disponibilizar com embasamento técnico para que possamos elaborar proposituras e políticas públicas que vão melhorar consideravelmente a qualidade de vida em Aracaju”, completou.

O vereador reforçou a necessidade de cumprimento da Lei Municipal nº 4.867/17, de sua autoria, que determina a execução de um plano emergencial de recuperação de calçadas. A prefeitura ingressou com uma ação de inconstitucionalidade no ano passado e a lei está sub júdice.

A pesquisa foi realizada em paralelo à campanha “Calçadas: a caminhada começa com sua atitude”, realizada pelo mandato do vereador Lucas Aribé ao longo de um mês nos bairros de Aracaju, conscientizando a população sobre as barreiras móveis que impedem a passagem de pedestres nas calçadas da capital sergipana.