Notícias

“Quem achar que a CPI do lixo vai terminar em pizza, vai cair do cavalo”, dispara o vereador Lucas Aribé

Data de Publicação: 05 de Dezembro de 2018

#O vereador Lucas Aribé está na tribuna da Câmara durante seu discurso

#O vereador Lucas Aribé está na tribuna da Câmara durante seu discurso

O vereador Lucas Aribé (PSB) utilizou a tribuna da Câmara de Vereadores na manhã dessa quarta-feira, 5, para lembrar sobre a questão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Lixo que segundo ele, começou, transcorreu e terminou de forma errada.

“Um grupo de vereadores entrou com uma ação na justiça alegando questões importantes que poderiam comprometer o trabalho da CPI do lixo. A decisão saiu depois que ela foi declarada encerrada com apresentação do libelo, mas acredito que a Câmara precisa retomá-la declarando nula a anterior e iniciar outra indicando outros membros”, apontou.

Lucas aguarda um posicionamento da Câmara e enfatiza que se não for dessa forma, vai ser passado para a sociedade que a Casa Legislativa não tem interesse no assunto, não respeita o trabalho das minorias e, principalmente, o povo. “Quando falamos de CPI do Lixo, discorremos de dinheiro público e alguns dados apontam diversos indícios de que os recursos foram utilizados de forma errada e precisamos de uma resposta. Vamos dizer para a sociedade que todos os recursos analisados de 2010 a 2016 vai terminar em pizza? Se depender de mim, não vai virar não”, destacou.

“Quem achar que a CPI do lixo vai terminar em pizza, vai cair do cavalo.  As coisas demoram, mas se não formos por um caminho, com certeza escolheremos outro que é a justiça. Essa Casa não respeita o trabalho de parte dos parlamentares e a sociedade merece uma resposta e não vai ficar assim não. Chamo a atenção da mesa diretora para analisar os requerimentos, a decisão judicial e logo depois se pronunciar”, cobrou.  

 

Foto: Gilton Rosas